Estava andando pela rua com uma camiseta sobre ativismo vegano, dois homens começa a me seguir e me chamar de vagabunda comunista, que “ele ia sair doutrinando as comunista” e olhou pra mim agarrando a genitália.

Anônimo, mulher, branca, hétero, 21, RS

Minha esposa foi a uma consulta médica com a nossa bebê recém nascida na clínica vinculada ao Cartão de Todos”, e o pediatra questionou em quem ela votaria. O médico usurpou de sua função de médico fazendo afirmações de que o seu candidato não distribuia cartilha de educação sexual nas escolas. Outras afirmações do tipo: “você quer que sua bebê aprenda sexo na escola vote no PT”.

Willian, homem, negro, hétero, 35, RS

Um amigo gay estava no trem voltando para casa (sentido Maracanã x Vila Militar) e ajeitou o shorts. Um homem começou a gritar que ele era um viado doente e que não ia tolerar viadagem dentro do vagão. Meu amigo tentou se explicar, mas o cara estava mto alterado e o obrigou a saltar do trem na estação seguinte. Ninguém fez nada, ninguém saiu em defesa dele, e meu amigo chorando muito desceu.

Anônimo, mulher, negra, bissexual, 32, RJ

Eu estava voltando para casa depois de votar, e 4 homens em um carro rindo muito e gritando que Bolsonaro iria ganhar as eleições jogaram o carro em minha direção, cai em uma vala de esgoto e eles simplesmente pararam, riram da minha cara e voltaram a fazer o seu percurso pela rua.

Anônimo, mulher, negra, lésbica, 22, RJ
Eu entrei no ônibus para ir pra casa e fiquei empé com meus fones de ouvido. Percebi que tinha alguém nervoso apontando o dedo pra mim e gritando. Quando tirei o fone pra entender o que acontecia, uma senhora estava me xingando de bicha, viado, falando que era pra eu aproveitar enquanto eu estava vivo porque meus dias estavam contados. “Quando Ele ganhar e eu tiver minha arma, o primeiro que eu vou pegar é voce, seu viadinho.” …
Oric, homem, branco, gay, 24, MG
Estava na fila de votação e um homem gritou que Bolsonaro iria matar todos os viados (consequentemente eu iria morrer junto)
Anônimo, homem, branco, bissexual, 21, PE
Homens xingaram a mim e esposa de sapatão, e gritaram que aqui era Bolsonaro. Tentaram nos bater, mas foram contidos
Anônimo, mulher, amarela, lésbica, 38, RJ
Estava próximo ao terminal bandeira, vi um jovem homossexual ser muito hostilizado com palavras de baixo calão e só não foi agredido fisicamente pq correu e conseguiu entrar em um prédio, só pq estava com a camiseta em apoio ao Bolsonaro.
Thiago, homem, pardo, hétero, 37, SP
Adesivei o meu carro com os adesivos do Coletivo de Mulheres candidatas a deputada Estadual. Adesivo do Ivan Moraes candidato a deputado Federal. Adesivo da Eugenia Lima candidata a Senadora. Adesivo da Dani Portela candidata a Governadora. E adesivos do Haddad e Manuela candidato a Presidencia. Seguidos de adesivos do PT. Em seguida quebraram o parabrisa traseiro do meu carro.
Elisabete Leticia, mulher, negra, lésbica, 25, PE
Eu estava com um adesivo escrito “#EleNão” colado na minha camiseta, quando fui surpreendida por um homem (eleitor do Bolsonaro) que me recebeu com um tapa na cara
Anônimo, mulher, negra, lésbica, 20, RJ